7 dicas para emagrecer 10 kg em seis semanas

agine uma dieta em que você deve ignorar o café da manhã e os lanchinhos entre as refeições, malhar em jejum e tomar muito café. Apesar de ir contra a todos os princípios defendidos pela maioria dos nutricionistas, o autor dessa nova proposta de emagrecimento, o personal trainer Venice A Fulton (de nome real Paul Khanna), garante que ela funciona.

Suas dicas polêmicas estão descritas no livro “Six Weeks To OMG: Get Skinnier Than All Your Friends” (“Seis semanas para o ‘Oh, Meu Deus’: Fiquei mais magra que todas as suas amigas”, em tradução livre) e foram prontamente criticadas pelos especialistas da área. Em contrapartida, tornou-se um sucesso entre aquelas que querem eliminar as gorduras extras em pouco tempo.

(Fonte da imagem: Divulgação)Em entrevista ao Huffington Post, Paul disse estar preparado para desafiar seus críticos e que alguns médicos já se mostraram favoráveis a alguns dos hábitos propostos na publicação. Todos os passos sugeridos por ele vieram de pesquisas publicadas em periódicos disponíveis no site da American National Institutes of Health.

Tudo-o-que-você-precisa-saber-sobre-emagrecimento-saudável

Segundo ele, contar clichês científicos em relação à nutrição que ninguém confere é uma vergonha. “Eu não suporto isso. A vida é demasiada curta para perdermos”, afirma.

Em resumo, o livro sugere uma dieta que combina nutrição, bioquímica, genética e psicologia para eliminar os quilos extras e reduzir as celulites. Confira a seguir alguns dos passos polêmicos propostos pelo personal de Londres e selecionados pelo Huffington Post. Porém, antes de segui-los, recomendamos que você consulte um especialista.

1. Pular o café da manhã pode ser saudável

Paul defende que, de manhã, o corpo quase não possui açúcar no sangue, sendo a oportunidade perfeita para queimar a gordura que está estocada nos pneuzinhos. Essa seria a melhor hora do dia para o gasto calórico. Além disso, ele argumenta que nenhuma pesquisa comprovou que pessoas que pulam o desjejum comem mais ao longo do dia.

2. Malhação vai além de intensidade e duração

Para o personal trainer, a intensidade e a duração do treino não são tão determinantes para o gasto calórico durante a malhação do que o horário escolhido para ela. Tendo em vista que é de manhã que o corpo possui menores níveis de açúcar no sangue, a proposta da dieta é apostar na malhação em jejum. Assim, segundo o autor do livro, o emagrecimento seria favorecido.

3. Algumas frutas impedem a perda de peso

Se a maioria das dietas defende o consumo de frutas ao longo do dia, Paul vai pelo caminho oposto. Ele reconhece que elas são ricas em vitaminas, minerais e outros nutrientes, mas também ressalta que elas possuem alta concentração de frutose, um tipo de açúcar que também engorda. Além disso, o composto afeta a liberação de leptina, que é o hormônio da saciedade, o que nos estimula a comer mais.

4. Sucos e smoothies prejudicam a perda de peso

No caso dos sucos e smoothies, os argumentos são os mesmos do item anterior. Isso porque, como em geral são feitos de frutas frescas, eles também são ricos em frutose, o açúcar presente nesses alimentos.

5. Evite os lanches

A regra básica de que é preciso comer de três em três horas para manter o metabolismo acelerado também é contrariada pelo personal trainer. Segundo ele, o corpo precisa ficar sem receber combustível (no caso, alimentos) para poder gastar suas reservas de gordura. Assim, para Paul, nada de lanchinhos de manhã ou à tarde: comer três vezes ao dia já estaria ótimo.

6. Cafeína é amiga da dieta

Na dieta “Six Weeks to OMG”, o cafezinho está liberado. Paul explica que a bebida é uma potente aliada da queima de gordura, pois encoraja as células do organismo a liberar a energia armazenada. A ressalva, no entanto, é que o café deve ser ingerido sem leite ou açúcar.

7. Tome banho frio

Uma das polêmicas dicas do livro passa longe da academia para favorecer o emagrecimento. O personal trainer aconselha as leitoras a tomar um banho gelado pelas manhãs, logo depois de acordar. Isso potencializaria o gasto calórico, fazendo com que o corpo gaste 25 vezes mais energia. Porém, a temperatura deve ficar nos 20 graus, para não levar à hipotermia.

Quem quiser conferir a dieta completa pode comprar o seu exemplar do livro (em inglês) aqui, por aproximadamente 8 libras.

Via TodaEla

Deixe um comentário!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Quem sou eu

Luiz Moreno, Paulista 30 anos.

Vlogger e gente boa. O meu principal objetivo é sempre entreter aqueles que me seguem, arrancando sorrisos e sorrindo junto.